I said Yes!

 A gente tá acostumado a ter uma vida um tanto quanto normal, estabilizada, sem muito rebuliço. O que fazer quando tudo vira de cabeça pra baixo e resolve mudar radicalmente seus dias?
Uns encaram como dificuldade, eu encaro como desafio!

Sem muitas explicações - porque quem acompanha o JM há mais tempo sabe da minha história - revelo à vocês que "I said Yes!" ou pros mais chegados "vou casar, mano".
Logo que 2015 começou a se despedir, comecei a pedir muito pro Papai do Céu que fizesse 2016 o ano da minha vida. Aquele ano em que tudo que não me acrescentasse fosse embora e que tudo que me fosse justo, chegasse até mim recheado de felicidade.

Como boa geminiana, sou chegada numas mudanças radicais pra dar aquele tempero à vida. E é mais do que óbvio que o meu Querido lá de cima me atendeu e deu aquela reviravolta danada na minha vida que, aparentemente, era mais do que certa.
Calma, gente, eu não vou subir ao altar ainda neste ano. Afinal, a crise chega para todos, principalmente pro povo brasileiro hehe.
O que começou com um olhar acabou evoluindo pra um namoro e, de repente, pra uma organização louca de um casamento. Detalhe: em praticamente 9 meses!
As coisas costumam acontecer com certa rapidez em minha vida, não seria diferente agora - e também nem importa muito. Escolhemos o próximo ano para o nosso GRANDE DIA e estamos super corridos com cada detalhe. 
Não existe melhor sensação do que um noivo que participa de tudo - e faz até os laços dos convites - e ainda esbanja sorrisos por aí ao dizer que vai casar.

Minha rotina acabou mudando bastante, por isso acabei não tendo tanto tempo pro blog. Como já sabem, trabalho o dia todo e agora acabo usando as noites e finais de semana para malhar, caçar e visitar fornecedores e confeccionar alguns detalhes. Sonha quem acha que ser noiva é coisa fácil!

No mais, o que posso dizer é que felicidade é algo que já não cabe em mim. 




É loucura odiar todas as rosas porque uma te espetou. Entregar todos os teus sonhos porque um deles não se realizou, perder a fé em todas as orações porque em uma não foi atendido, desistir de todos os esforços porque um deles fracassou. É loucura condenar todas as amizades porque uma te traiu, descrer de todo amor porque um deles foi infiel. É loucura jogar fora todas as chances de ser feliz porque uma tentativa não deu certo. Espero que na tua caminhada não cometa essas loucuras. Lembrando que sempre há uma outra chance, uma outra amizade, um outro amor, uma nova força. Para todo fim um recomeço.






A volta de quem nunca foi

Se tem uma coisa que nunca fui muito a favor, é essa coisa de autores de blogs sumirem e voltarem com certa constância.
Hoje vejo que julgar não é o melhor caminho. Veja, sumi e só voltei agora.

A vida anda corrida, cheia de acontecimentos e com mil e um afazeres. Sei que não há desculpa  no mundo que justifique, mas além de tudo isso que citei, ainda posso incluir o bloqueio criativo que chegou e se instalou.
We heart it
Não vou prometer a volta do JM a todo vapor. Só garanto que pretendo mantê-lo atualizado sempre que puder, afinal, eu amo isso aqui! Amo escrever. Amo ler o que vocês me escrevem. Amo demais blogar!
Embora tenha saído do Projeto 6 on 6 - justamente pela falta de tempo e bloqueio criativo - tenho algumas coisas que gostaria muito de trazer pra vocês.

Pretendo voltar com as resenhas dos livros (que até nisso dei uma relaxada), quero contar as novidades, quero fazer posts com dicas de tanta coisa... Me sobra vontade (no momento), mas me falta tempo e, muitas vezes, criatividade!

Espero do fundo do coração que todos que ainda passam por aqui possam ter um bom nível de entendimento e que não deixem de visitar.

6 ON 6 | MAIO | FESTA JUNINA E ALEATÓRIO

Ressuscitando o blog depois que quase um mês.
Junho passou voando e foram 30 dias extremamente corridos e cheios de novidades pra mim.
Pra não deixar sem post do Projeto 6 on 6, tentei fotografar ao máximo coisas relacionadas ao tema escolhidos - Festa Junina - e completei com algumas aleatórias. Aliás, as meninas também ficaram corridas e por isso fizeram o mesmo.
1. Festa caipira sem barraca do beijo seria impossível, né?
2. O casal caipirinha mais bonito do interior paulista.
3. Festas típicas de junho e julho são minhas favoritas - pela diversão e pelas comidas - e sempre entro na onda das pintinhas e chuquinhas.
4. Sobre franjas, sol e vermelho <3
5. Basílica Menor de Nossa Senhora Aparecida - A igreja mais bonita da cidade de Rio Preto. Tem um lugar especial no meu coração. 
6. Gatinho que vive no telhado da casa da minha sogra. Aliás, pra quem não era fá de gatos, arrumar um namorado super gateiro é milagre!

 Isabella Cas | Oh, wow, lovely! Do Like Anna | Uma Doce Desconhecida | 1 Momento Qualquer
Design por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Todos os direitos reservados para Juro de Mindinho